O que esperar de um acordo?

O sucesso do mediador ocorre quando todos os envolvidos saem do processo melhor do que entraram: mais conhecedores de si mesmos, enquanto negociadores, e das suas probabilidades negociais no caso.

De acordo com as estatísticas mundiais, 80% das mediações iniciadas e bem conduzidas terminam em acordo. Os 20% de casos de não acordo, revelam, muitas vezes, aspectos imponderáveis das negociações.

Obviamente, todos desejam uma solução que extinga 100% dos problemas que os levaram até a mediação. Quando o acordo não é possível em dado momento, ou este é apenas parcial, mas a mediação foi bem feita e as partes terminaram o processo melhores do que o iniciaram, muitas vezes, o acordo é concretizado mais adiante, com ou sem a necessidade de um mediador.

O que muitas vezes é chamado de Pacificação Social, a partir da mediação de conflitos, vem da clareza e firmeza com que as decisões são tomadas, pelas próprias partes. O mediador cria as condições para que elas voltem a ocupar o protagonismo no que lhes afeta, em vez de delegá-lo a um juiz ou árbitro.